0

Minha Sacola

R$ 0,00
Ao continuar navegando você aceita os cookies que utilizamos para melhorar o desempenho, a segurança e a sua experiência no site =) Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.
Passe o mouse para ver mais detalhes Ampliar imagem

Compartilhe:

A SEMANA o antes e o depois

Produto: Em estoque
SKU.: 97865892710806
R$ 32,50
1x de R$ 32,50 s/ juros no cartão
ou R$ 29,25 à vista no boleto
unid.
Outras formas de pagamento

    A SEMANA o antes e o depois
    Detalhes do Produto Trilhar a história literária de uma comunidade semelha o desbravamento de uma região. Os agentes abrem trilhas, improvisam pinguelas, estendem pontes, abrem estradas.
    Diferem as ferramentas e os objetivos.
    O desbravador recorre ao facão, ao machado, às armas, às máquinas. O literato dispõe de caneta, de papel e da sensibilidade própria e alheia.
    Bem sucedido, o desbravador abre caminhos e exerce domínio. O literato busca a compreensão da criatura humana, perscruta o universo e navega águas insondáveis e infindas de mundos interiores.
    A comparação facilita o entendimento de que a atual fase da literatura em nosso país é resultante de permanente abrir de caminhos, de uma constante e paradoxal busca de independência, sem isolamento, e de aperfeiçoamento.
    Na literatura, riqueza, autenticidade, prodigalidade só podem ser avaliadas pelo percurso e pelas diversas travessias que vão deixando marcos orientadores para os caminhantes.
    Um dos principais desses marcos foi a ocorrência da Semana de Arte Moderna de 1922.
    O objetivo deste trabalho é buscar, numa visão panorâmica e, consciente dos horizontes, destacar a importância da famosa semana, de seus preparativos e de suas consequências.
    Características
    ISBN 97865892710806
    AUTOR Luiz Cruz de Oliveira e Marilurdes Cruz
    EDITORA Ribeirão Gráfica e Editora
    Tipo de Capa Capa Brochura
    Número de Páginas 180
    • Descrição
      Trilhar a história literária de uma comunidade semelha o desbravamento de uma região. Os agentes abrem trilhas, improvisam pinguelas, estendem pontes, abrem estradas.
      Diferem as ferramentas e os objetivos.
      O desbravador recorre ao facão, ao machado, às armas, às máquinas. O literato dispõe de caneta, de papel e da sensibilidade própria e alheia.
      Bem sucedido, o desbravador abre caminhos e exerce domínio. O literato busca a compreensão da criatura humana, perscruta o universo e navega águas insondáveis e infindas de mundos interiores.
      A comparação facilita o entendimento de que a atual fase da literatura em nosso país é resultante de permanente abrir de caminhos, de uma constante e paradoxal busca de independência, sem isolamento, e de aperfeiçoamento.
      Na literatura, riqueza, autenticidade, prodigalidade só podem ser avaliadas pelo percurso e pelas diversas travessias que vão deixando marcos orientadores para os caminhantes.
      Um dos principais desses marcos foi a ocorrência da Semana de Arte Moderna de 1922.
      O objetivo deste trabalho é buscar, numa visão panorâmica e, consciente dos horizontes, destacar a importância da famosa semana, de seus preparativos e de suas consequências.
    • ISBN 97865892710806
      AUTOR Luiz Cruz de Oliveira e Marilurdes Cruz
      EDITORA Ribeirão Gráfica e Editora
      Tipo de Capa Capa Brochura
      Número de Páginas 180

    Deixe a suaAvaliação

    Avalie o produto

    0 avaliações
    dê sua nota:
    Avaliações dos clientes 0 avaliações
    Ainda não há comentários para este produto.

    Formas de Pagamento

    Boleto Bancário

    no Boleto/Transferência

    Cartão de Crédito
    Nº de parcelas Valor da parcela Juros Valor do Produto